top of page

CENTRO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA  SARACURA

IMG_5882_edited
Foto 3_edited_edited
Foto 4_edited
Foto 2
Foto 5_edited_edited
Foto 1_edited_edited
Foto 8

Quem somos nós? 

O Centro de Assistência Jurídica Saracura (CAJU) oferece assistência jurídica gratuita  e é regido pelos alunos da FGV Direito de São Paulo. Seu objetivo principal é prestar auxílio à pessoas físicas em situação de vulnerabilidade, sem condições de arcar com os custos de advogados e do processo.

O atendimento atribui enfoque aos residentes da região da Bela Vista e do Bixiga, mas está disponível para toda a cidade de São Paulo. A atuação nos casos é feita pelos membros do CAJU em parceria com orientadores- advogados formados e especializados. Em conjunto, estudantes e profissionais atuam, principalmente, nas áreas de Direito Civil, Trabalhista e Penal buscando, sobretudo, garantir o acesso à justiça e o direito à ampla defesa a todos.

Atendimento

Você tem algum problema jurídico e quer resolvê-lo-lo com a ajuda do CAJU?

Veja os requisitos para que isso seja possível:

Captura de Tela 2023-05-15 às 10.36.40.png
Captura de Tela 2023-05-15 às 10.35.57.png
Captura de Tela 2023-05-15 às 10.37.25.png
Captura de Tela 2023-05-15 às 10.39.27.png

Competência

Renda

Atuação

Perfil

1) A competência do caso deve ser na cidade de São PauloOs moradores da Bela Vista e do Bixiga terão preferência na nossa triagem, uma vez que buscamos devolver nosso conhecimento à principal área de atuação do CAJU, que são os bairros ao redor da FGV Direito- SP.

2) O assistido deve ter renda de no máximo 3 salários mínimos, pois nosso objetivo é sempre priorizar aqueles que estão em maior vulnerabilidade e possuem direito à justiça gratuita.

3) O assistido não pode ter outros advogados já atuando no caso. A OAB veta que centros de assistência jurídica atuem em casos já relacionados a outro advogado.

4) O assistido não pode fazer parte de organizações ou facções criminosas ou ter ligações diretas com elas.

Tipos de casos

1

Atuação

A atuação dos casos se dá a partir da parceria entre os membros do CAJU, que são alunos de Direito da FGV-SP, e advogados orientadores. Com isso, os casos do CAJU são acompanhados por equipes compostas por 2 a 4 alunos e advogados voluntários, no mínimo 1 por caso e no máximo 2.

2

Orientação X Judicialização

Em casos de menor complexidade, os estagiários do CAJU podem apenas oferecer uma orientação jurídica aos assistidos, sem que seja necessária uma ação judicial. Já nos casos mais complexos, uma decisão conjunta entre o CAJU e o assistido determinará se o caso será judicializado. Dessa forma, os orientadores, advogados já formados, trabalharão como advogados do assistido.

3

​Áreas

O CAJU tem competência para atuar em casos de todas as áreas do direito. Dentre as áreas mais procuradas estão civil, família, penal e trabalhista. Sendo assim, o CAJU possui experiência nas mais diversas questões, realizando divórcios e pedidos de pensão e guarda, solucionando questões atreladas à propriedade e ao emprego, por exemplo. 

Junte-se a nós e nos ajude a mudar a vida de pessoas!

Doe para o CAJU!

DEPOIMENTOS

Leia relatos de alguns dos nossos ex-membros!

"Participar da criação do CAJU foi uma das maiores alegrias que tive na faculdade de direito, ainda maior por compartilhá-la com gente tão querida e especial: colegas do curso, professores, advogados, pesquisadores, amigos. E, claro, nossos assistidos, com quem estabelecemos uma relação de troca e confiança, uma verdadeira rede de apoio. Essa é a grande beleza da assistência no CAJU: ela requer, necessariamente, o diálogo. E por isso é profundamente humana. Ninguém ali se realiza sozinho, o orientador precisa falar com o estagiário, o estagiário com o orientador, o assistido conosco e nós com ele.

É uma obra comunitária."  

Matias Falcone, fundador e primeiro presidente do CAJU, advogado criminal no Tofic Simantob, Perez e Ortiz Advogados

"No CAJU eu aprendi muito mais que o Direito. No CAJU aprendemos a trabalhar em grupo com nossos colegas, aprendemos muito com nossos orientadores, mas mais do que tudo isso aprendemos com os nossos assistidos. O CAJU é uma relação de troca, que mudou completamente o modo que eu vejo o Direito e a maneira que eu vivi a faculdade. Foi por conta do CAJU, que tive a certeza de que tinha escolhido a profissão certa. Eternamente grata ao CAJU!"

Gabriella Valentino 
Ex-Diretora de Gestão de Pessoas

“Eu procurei uma entidade na EDESP  que permitisse  aplicar o que aprendemos nas salas de aula para criar benefícios pra comunidade. O CAJU foi a porta de entrada para uma experiência inesquecível é fundamental para a formação de uma aluno de Direito, já que traz a pauta social e a justiça para o nosso dia a dia. Trabalhar no CAJU envolve muita responsabilidade, dedicação e estudo, mas também muito gratificante. Nada como concluir um caso e receber inúmeras mensagens de agradecimento dos assistidos.

Essa humanidade que o CAJU cria não tem preço, e favorece aqueles em situação de vulnerabilidade social. Recomendo para todos os alunos o CAJU, já que Direito não é feito apenas para fusões e aquisições, mas também para pessoas comuns que buscam justiça."

Arthur Marques, ex-presidente do CAJU e atual estagiário do Pinheiro Neto Advogados

ENTRE EM CONTATO

Precisa de alguma assistência jurídica?
Para preencher o formulário
bottom of page